fbpx

7 Dicas de Congelamento de Papinhas

7 Dicas de Congelamento de Papinhas

No mundo ideal, fazemos todas as comidinhas frescas todos os dias. E esse é o melhor, viu? Com o meu pequeno, tento que seja dessa forma sempre que possível. Mas como até quem opta por (e pode) cozinhar todos os dias passa por imprevistos, gosto de ter algumas alternativas no freezer. E vamos combinar que comida caseira congelada ainda é muito melhor do que os industrializados.

Então, vamos às dicas. 

Aqui em casa se faz assim.

1) ESCOLHA O MATERIAL ADEQUADO.
Os recipientes devem ser de vidro e, caso sejam de plástico, devem ser livres de Bisfenol-A (BPA Free). Resumidamente, essa substância pode liberar toxinas bastante nocivas à saúde. Mas como esse não é o foco da postagem, se quiserem saber mais sobre o assunto, avisem nos comentários que faço um post só sobre isso.

2) NÃO ESPERE ESFRIAR PARA CONGELAR.
Deixar os alimentos atingirem a temperatura ambiente para resfriá-los não é necessário. E pode iniciar o processo de proliferação de bactérias, a depender da temperatura do dia.

3) IDENTIFIQUE, NÃO CONFIE NA SUA MEMÓRIA.
Identifique tudo: Data do congelamento, validade, ingredientes. Você não corre o risco de dar comida fora da validade para o seu filho e tem mais propriedade para variar o cardápio quando sabe o que está descongelando.

4) DESCONGELE EM BANHO MARIA
Acrescentar um pouco de água (1 cl sopa) ajuda a resgatar uma boa textura na papinha.
Você pode transferir do congelador para a geladeira no dia anterior e terminar o processo perto da hora de consumir ou pode levar direto para o banho-maria.
As proteínas eu descongelo refogando com um pouco do caldo do cozimento e, às vezes, um pouco de alho e/ou cebola. O sabor fica bem mais próximo da comida fresca.

5) APÓS DESCONGELAR, CONSUMIR EM ATÉ 24h.

6) PORÇÕES UTILIZADAS DEVEM SER DESCARTADAS.
Caso a porção tenha tido contato com a saliva da criança, deve ser descartada.

7) NÃO SE DEVE CONGELAR NOVAMENTE ALGO QUE JÁ FOI DESCONGELADO.

Ps.: Dá pra congelar quase tudo, mas batata inglesa e ovo não ficam legais.

Compartilha com alguém que precisa ver essas dicas.
Conta pra gente se você tem mais alguma. 
E me conta o que mais você quer ver por aqui. 
Um beijo e até a próxima! <3

#introduçãoalimentar #papinhasdebebê

Obs.: Essa postagem (e nenhum dos comentários gerados por ela) não têm intenção ou efeito de prescrição, apenas compartilhamento de experiências. Nunca deixe de ser acompanhado/a por um(a) profissional.

Tags:

Sem saber por onde começar a Introdução Alimentar?

Baixe Gratis o E-book - 7 Dicas de Como Fazer a Introdução Alimentar do Seu Bebê sem Medo!

Nós não enviamos spam. Seu e-mail está seguro!

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *